Comentários Homiléticos

SÁBADO SANTO Por 20/04/2019 - Atualizado em 03/04/2019 14h03

A+ a-

Vamos dar uma ideia geral das leituras de hoje. A quantidade não permite aprofundamento. As leituras de hoje querem mostrar a caminhada de Deus com seu povo, trazendo libertação e vida

1ª LEITURA - Gn 1,1.26-31a

Aqui temos a criação do céu, da terra, do homem e da mulher. Deus criou o homem e a mulher à sua imagem e semelhança, ou seja, com traços divinos. Deu-lhes com sua bênção o poder da fecundidade, o poder de multiplicar-se e administrar a criação. E o que Deus fez era muito bom.

2ª LEITURA - Ex 14,15-15,1

Este trecho narra a libertação do povo da escravidão egípcia, através da passagem do Mar Vermelho. É Deus vindo ao encontro do seu povo escravizado e trazendo-lhe a libertação através de Moisés. Os egípcios reconhecem a ação de Deus nesta frase: “Vamos fugir de Israel, pois o Senhor combate a favor deles, contra os egípcios”. Tudo isto prefigura a vitória de Cristo sobre a escravidão do pecado, trazendo libertação e vida para todos os que crêem.

3ª LEITURA - Is 55,1-11

O povo, de novo, se afastou de Deus com seu pecado. Mas é só em Deus que o povo encontra abundância de vida. O profeta anuncia aqui a vida gratuita oferecida por Deus. Para isso é preciso apenas escutar a sua voz, e buscá-lo através de uma mudança de vida, pois Deus é generoso no perdão. Seus pensamentos, seus caminhos e misericórdia são totalmente diferentes dos pensamentos, caminhos e misericórdia do homem. Sua palavra fecunda e salvadora é comparada com a chuva e a neve que fecundam a terra. A Palavra de Deus sempre cumpre a sua missão.

4ª LEITURA - Rm 6,3-11

O apóstolo Paulo explica o significado da vida nova através do batismo. O batismo, mergulho na água, simboliza a morte para o pecado. Se com Cristo fomos sepultados na morte, com ele também devemos ressuscitar para uma vida nova. O sair da água, simboliza a ressurreição, a vida nova. Batizar jogando água sobre a cabeça da criança não deixa transparecer com tanta clareza este aspecto fundamental do batismo - mergulho que é a entrada na água (morte) e a saída da água (vida nova). A libertação que Cristo alcançou para nós através da cruz, nós a acolhemos através do batismo.


EVANGELHO – Lc 24,1-12

Dia de Domingo. As mulheres vão ao túmulo preparar o corpo de Jesus ungindo-o com perfumes e bálsamos, que eles prepararam na 6a feira (cf. Lc 23,56), pois o corpo de Jesus havia sido sepultado às pressas. Estamos percebendo muito amor, mas pouca fé, pois Jesus havia anunciado sua ressurreição ao 3o dia. De fato não encontraram o corpo do Senhor e ficaram sem saber o que estava acontecendo. Dois anjos aparecem e anunciam que Jesus está vivo, ressuscitou, segundo o que ele mesmo havia anunciado na Galiléia. Elas anunciam esta “boa nova” aos onze apóstolos e a todos os outros discípulos, mas eles não acreditam nelas. Pedro, porém, na mesma hora, foi ao túmulo. Viu apenas os lençóis de linho. Isto significa que o corpo de Jesus não fora roubado. “Então Pedro voltou para casa, admirado com o que havia acontecido”. Pedro ficou admirado, mas o texto não fala que ele acreditou. É claro que ele acredita depois que Jesus aparece a ele sozinho (v. 34), e junto com os outros (vv. 35ss), quando Jesus até mesmo comeu um pedaço de peixe com eles (v. 43). Todo Domingo celebramos a Ressurreição do Senhor. Qual é a vibração da sua fé?

voltar
Receba artigos e notícias da CNBB Leste 2 Cadrastre seu e-mail...
Av. João Pinheiro, 39, 2º andar
Boa Viagem, Belo Horizonte - MG
30.130-183   Trace sua rota...


+55 (31) 3224-2434  -  3224-0017
© 2014 - 2017 CNBB Regional Leste 2 - Todos os direitos reservados.
acesso