Notícias

Conheça a história do Terço dos Homens da Catedral de Colatina Por Assessoria de comunicação da diocese de Colatina 14/08/2018 - Atualizado em 14/08/2018 10h55

Conheça a história do Terço dos Homens da Catedral de Colatina
A+ a-

No dia 25 de abril de 2011, teve início o movimento do Terço dos Homens na Catedral de Colatina. O primeiro momento de oração contou com a participação de quatro homens. Passados sete anos, eles somam mais de 200, que se reúnem semanalmente para pedir pelas vocações, pela paz no mundo, pela santificação das famílias.

A ideia de fundar o grupo partiu do leigo Nino Naumann, após uma visita ao Santuário Nacional de Aparecida (SP). “Lá, vimos vários banners do ‘Terço dos Homens’. Ficamos curiosos e procuramos saber do que se tratava”. Ao tomar conhecimento, Nino, incentivado por sua esposa Karla, resolveu conversar com o então pároco da Catedral de Colatina, padre Devaldo Lorençutti, que prontamente aprovou a iniciativa.

Como o grupo cresceu
“Mesmo com divulgação, foi um trabalho demorado. Rezávamos em 15 homens, contando também com a participação de mulheres, que não nos deixavam desanimar”, lembra Nino. O grupo teve um impulso importante após a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, em junho de 2017. “Rezamos um terço vivo na Catedral, reunindo mais de 400 homens”.

O grupo então cresceu e passou a integrar a vida da comunidade. Eles rezam todas as segundas-feiras, a partir da 18h15. “A comunidade vê com bons olhos e incentiva a participação de todos. No nosso grupo, temos muitos jovens e crianças. Somos chamados a ajudar sempre”, comemora Nino.

Objetivos
O principal objetivo do Terço dos Homens é fazer o homem rezar e assim se envolver nas diversas equipes de serviços, movimentos e pastorais da paróquia. Nino conta que o Terço dos Homens da Catedral atraiu homens que há anos não iam à igreja. Além do momento tradicional de orações, o grupo ajuda nas festas e missas, realiza trabalhos junto às pastorais e movimentos, e ainda sai para confraternizar e visitar outras comunidades.

Os homens do terço se envolvem também em campanhas solidárias e gestos concretos da paróquia. “Somos um grupo de homens que busca semanalmente se reunir para rezar e participar em comunidade. Posso atestar que a felicidade deles em participar é contagiante! Já ouvimos homens dizerem: ‘Que bom que hoje é segunda-feira. Tem terço!’”, conta Nino.

Na Catedral, duas capelinhas com a imagem do Sagrado Coração de Jesus visitam famílias do terço toda a semana. Segundo Nino, o apoio do bispo diocesano, dom Joaquim Wladimir, e a participação ativa do pároco, padre José Valdecy, também são importantes.

Realidade nacional
O Terço dos Homens é uma realidade nacional. Segundo a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), são mais de um milhão de homens que participam desse movimento. Na Diocese de Colatina, grande parte das paróquias possui o seu grupo atuando. A turma da Catedral já ajudou, inclusive, a formar vários outros grupos na cidade. E o movimento só cresce! Além dos homens, muitas mulheres e crianças rezam também.

Agenda
Em outubro, a Diocese de Colatina irá promover o Encontro Diocesano do Terço dos Homens, no Santuário Nossa Senhora da Saúde, em Ibiraçu. Há ainda encontros em nível nacional, sempre em fevereiro, e estadual, no mês de maio. “Estamos preparando o Encontro da Área Pastoral de Colatina”, adianta Nino.

voltar
Receba artigos e notícias da CNBB Leste 2 Cadrastre seu e-mail...
Av. João Pinheiro, 39, 2º andar
Boa Viagem, Belo Horizonte - MG
30.130-183   Trace sua rota...


+55 (31) 3224-2434  -  3224-0017
© 2014 - 2017 CNBB Regional Leste 2 - Todos os direitos reservados.