Carregando busca...
+55 (31) 3224-2434  -  3224-0017

Artigos dos Bispos

Maria: Essência do Plano de Salvação Celebrar Nossa Senhora, significa agradecer o plano da salvação de Deus para a humanidade, pois este plano passa essencialmente por Ela.

Dom Marco Aurélio Gubiotti

Bispo diocesano de Itabira/Cel. Fabriciano

veja todos os artigos

17/05/2017 - Atualizado em 17/05/2017 15h07

A+ a-

No mês de maio, a Igreja realiza de forma especial, celebrações dedicadas à Santíssima Virgem Maria. No Brasil, além do mês de maio, vivemos intensamente também o mês de outubro, dedicado à padroeira do país e de nossa diocese, Nossa Senhora Aparecida.

Celebrar Nossa Senhora, significa agradecer o plano da salvação de Deus para a humanidade, pois este plano passa essencialmente por Ela. É como nos ensinou o Papa Francisco em sua primeira reflexão de 2017 durante o momento do Angelus: “Deus pede a Maria não somente para ser a mãe de seu Filho Unigênito, mas também para colaborar com o Filho e para o Filho no plano de salvação a fim de que nela, serva humilde, se cumpra as grandes obras da misericórdia divina”.

A Santíssima Virgem não se fechou aos momentos maternos com Jesus, mas permaneceu atenta a tudo o que acontecia ao redor Dele para que a misericórdia de Deus fosse manifestada. Podemos exemplificar com clareza essa abertura, citando o episódio das Bodas de Caná, ocasião em que foi realizado o primeiro dos muitos milagres de Jesus.

Vendo a necessidade daquele casal de noivos, Maria diz a seu filho: “eles não têm mais vinho ”. Jesus apesar de relutante volta seu olhar misericordioso para aqueles que precisavam e transforma a água em vinho, depois da ação de sua Mãe.

Ao dizer sim a Deus, através do Arcanjo Gabriel, Nossa Senhora “se disponibilizou a ser envolvida na realização do plano de salvação de Deus, ´que dispersa os soberbos de coração, derruba do trono os poderosos e eleva os humildes; aos famintos enche de bens, e despede os ricos de mãos vazias´”.

Sabendo disso, é importantíssimo que nós também nos disponibilizemos para que o plano de Deus se realize em nossas vidas. É essencial que façamos como os serventes daquele mesmo episódio das Bodas de Caná. Maria exclamou: “ Façam tudo o que Ele vos disser”! O milagre é uma via de mão dupla, não como uma forma de compensação, mas como uma forma de ação, a Mãe do céu nos ensina isso de todas as formas.

Pedir é relevante, agir é indispensável. A misericórdia se manifesta em nossa realidade pessoal a partir do momento em que praticamos a caridade, bondade e amor para com todos. Os serventes gastaram suas forças levando a água que Jesus transformou em vinho para o casal. Conclui-se que, de certa forma aqueles servos praticaram a caridade para com o casal, e com isso eles foram também agraciados com o melhor dos vinhos.

Celebrando os 300 anos da aparição da Imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, peçamos insistentemente a intercessão da Mãe Maria, para assumirmos efetivamente a responsabilidade de verdadeiros cristãos, agindo com diligente misericórdia.

Deus nos abençoe!

voltar
Receba artigos e notícias da CNBB Leste 2 Cadrastre seu e-mail...
Av. João Pinheiro, 39, 2º andar
Boa Viagem, Belo Horizonte - MG
30.130-183   Trace sua rota...


+55 (31) 3224-2434  -  3224-0017
© 2014 - 2017 CNBB Regional Leste 2 - Todos os direitos reservados.