Carregando busca...
+55 (31) 3224-2434  -  3224-0017

Artigos dos Bispos

A escuridão se tornará dia pleno Então, é quando, como diz Isaías, “a nossa luz romperá como a aurora e nos fará “brotar a carne saudável” e nossa” escuridão se tornará dia pleno”.

Dom Eurico dos Santos Veloso

Arcebispo Emérito de Juiz de Fora - MG

veja todos os artigos

06/02/2017 - Atualizado em 06/02/2017 09h29

A+ a-

Todos conhecemos as parábolas de Jesus sobre o sal e a luz. Elas são um convite a todos os seus seguidores a viver no meio do mundo com os que dão vida e luz, como aqueles que fazem descobrir o verdadeiro e autêntico saber e no sentido desta vida. Talvez Jesus percebesse, já em seu tempo, a grande quantidade de pessoas que viviam sem viver, sem aproveitar, sem gozar a vida, pois vivem na escuridão e não descobrem o caminho até a salvação: a vida e a felicidade, que é o que Jesus nos oferece.

Temos, como cristãos, a missão de ser o sal e a luz do mundo. Mas o que significa isso na prática? O próprio evangelho(cf. Mt 5,13-16) nos dá uma pista: significa realizar boas obras e, dessa forma, todos darão glória ao Pai que está no Céu. Mas, outra vez, nos encontramos com um problema: quais são as boas obras a que Jesus se refere?

A primeira leitura(Is 58,7-10), extraída do profeta Isaías, nos ajuda a compreender qual é o tipo de boas obras que Deus quer de nós. É uma leitura para se refazer sem perder uma vírgula sequer. Cada palavra é um tesouro que pode ser aplicado de maneira perfeita a nossa situação atual, em todos os níveis: tanto nas relações pessoais, dentro da família ou com amigos, quanto nas relações de trabalho, em nossa cidade ou entre as nações. “Reparte teu pão com o faminto, dá abrigo aos pobres sem teto, veste o que está nu.” São mensagens claras, simples. Não é necessária nenhuma interpretação. Também nos diz que há de se “afastar a opressão, o gesto ameaçador e a maledicência”. E, para completá-lo, essa espécie de apelo: “Não fiques fechado em tua própria carne”. Isaías nos convida a reconhecer no outro, em qualquer um, não importando a distância em que viva, ou que não pertença a nossa religião, nação, cultura, raça ou o que seja- “nossa própria carne” Como diríamos popularmente, “estamos no mesmo barco”.

Então, é quando, como diz Isaías, “a nossa luz romperá como a aurora e nos fará “brotar a carne saudável” e nossa” escuridão se tornará dia pleno”. Ou, segundo disse Jesus, seremos o sal do mundo e nossa luz iluminará a todos. Mas o que está claro é que essa luz brotará de dentro de nós, do nosso coração quando realizarmos essas boas ações, quando formos irmãos de nossos irmãos, sem distinção nem preconceitos. A mensagem de Jesus está aí em toda a sua simplicidade. Não é preciso esperar por uma salvação que venha de fora. Está em nossas mãos fazer com que a luz brote nas trevas. Basta que levemos a sério o que disse o profeta Isaías e o coloquemos na prática em nossas vidas.

voltar
Receba artigos e notícias da CNBB Leste 2 Cadrastre seu e-mail...
Av. João Pinheiro, 39, 2º andar
Funcionários, Belo Horizonte - MG
30.130-180   Trace sua rota...


+55 (31) 3224-2434  -  3224-0017
© 2014 - 2017 CNBB Regional Leste 2 - Todos os direitos reservados.