Artigos dos Bispos

Ai dos Pastores Jesus olhou para o bem do povo, que vivia como ovelhas sem pastor (Cr Marcos 6,34).

Dom José Alberto Moura

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros

veja todos os artigos

18/07/2018 - Atualizado em 18/07/2018 09h56

A+ a-

Pastor, segundo a Bíblia não é só o investido no cargo ou poder religioso, mas também quem exerce função de coordenação política e outas na sociedade. O profeta Jeremias fala em nome de Deus sobre o mau exercício desses cargos, tendo a reprovação divina e também a de grande parte da sociedade (Cf. Jeremias 23,1-6). Há quem aceita a corrupção dos seus eleitos, bastando que lhe faça o benefício que espera de sua função. É a parte corrupta da sociedade. Se todos tivessem a consciência da verdadeira cidadania, não aceitariam, de forma alguma, qualquer tipo de corrupção. Esta corrói o tecido social a ponto de o colocar como o contrário da riqueza moral de todos!

O referido profeta fala do castigo divino em relação aos maus pastores, fazendo trocar os cargos para que os bons dominem (Cf. Jeremias 23,4). Aliás, os bons devem ajudar a fazer justamente isso nas eleições: rechaçar os maus pastores e escolher os melhores ou, pelo menos, os menos piores! Temos o poder de não votar em quem demonstrou irresponsabilidade moral ou desonestidade! Ao contrário, nós mesmos seríamos os desonestos! Temos que mudar a situação do país! Se não soubermos em quem votar, precisamos  ouvir pessoas sábias e entendidas para analisarmos e escolhermos melhor em quem votar! O voto não pode ser simplesmente por defender uma ideologia ou um partido. No Brasil infelizmente as ideologias dos partidos ficam à mercê de pessoas que, muitas vezes, não têm ética para defender o bem comum. Precisamos analisar as pessoas de bom caráter antes que os partidos que podem não ter muita ética e programação que realmente beneficie a sociedade.

Jeremias lembra que Deus suscitará novos pastores, através de pessoas que têm boa consciência da promoção do bem comum. De fato,  as pessoas de bem devem se manifestar em apoio de quem tem real condição de servir a população e não se servir dela para obter vantagens em detrimento de quem as elegeu. Os políticos maus devem ser banidos. Os bons, apoiados! Os bons de nossa comunidade devem ser promovidos para servirem ao bem comum! Não se trata de uma comunidade ou Igreja eleger seus líderes para promoverem o fisiologismo ou a busca de vantagens para sua grei. Os católicos não elegem políticos para ajudarem sua Igreja e sim para servirem ao bem comum!

Na vida de seguimento a Jesus temos a determinação de vivermos unidos no amor, construindo uma sociedade solidária e de promoção da vida digna para todos. Ele nos pede para formamos um só corpo, em que todos os membros estejam unidos e ajudando a formar um só corpo (Cf. Efésios 2, 16).  Assim seremos capazes de colabora uns com os outros para vermos o caminho a seguir em bem da cidadania adequada para todos!

Jesus olhou para o  bem do povo, que vivia como ovelhas sem pastor (Cr Marcos 6,34). Por isso, instruiu a multidão para ser solidária e  generosa.. Deste modo,  promove o serviço essencial de mútua colaboração para que todos tenham o necessário para viver com dignidade!

voltar
Receba artigos e notícias da CNBB Leste 2 Cadrastre seu e-mail...
Av. João Pinheiro, 39, 2º andar
Boa Viagem, Belo Horizonte - MG
30.130-183   Trace sua rota...


+55 (31) 3224-2434  -  3224-0017
© 2014 - 2017 CNBB Regional Leste 2 - Todos os direitos reservados.